3

Gengivite

Causas
A gengivite é uma forma de doença periodontal. A doença periodontal consiste em inflamação e infecção que destrói os tecidos que dão sustentação aos dentes, inclusive as gengivas, os ligamentos periodontais e os ossos alveolares.

A gengivite destrói os tecidos que dão sustentação aos dentes
A gengivite é resultado dos efeitos a longo prazo do acúmulo de placas. A placa é um material grudento feito de bactéria, muco e resíduos de comida que se desenvolve nas partes expostas dos dentes. É a maior causa de cárie dentária. Se a placa não for removida, ela se transforma em um depósito duro chamado de tártaro, que fica preso na base do dente. A placa e o tártaro irritam e inflamam as gengivas. As bactérias e as toxinas produzidas pela placa e pelo tártaro deixam as gengivas infectadas, inchadas e sensíveis.

Danos às gengivas resultantes de qualquer causa, inclusive de excessiva escovação ou limpeza com fio dental vigorosa, podem causar gengivite.

As seguintes situações aumentam o risco de desenvolver a gengivite:

  • Moléstias em geral
  • Higiene dental precária
  • Gravidez (mudanças hormonais aumentam a sensibilidade das gengivas)
  • Diabetes não controlado
  • Ainda, dentes desalinhados, pontas de obturação ásperas ou aplicações bucais mal encaixadas ou mal limpas (tais como aparelhos, dentaduras, pontes e coroas) podem irritar as gengivas e elevar o risco da inflamação.

Também estão associados à gengivite medicamentos como fenitoína e pílulas anticoncepcionais, além de metais pesados, como chumbo e bismuto.

Muitas pessoas têm gengivite em graus variáveis. Geralmente surge na puberdade ou no ínicio da vida adulta, devido a mudanças hormonais, e pode persistir ou reaparecer com frequência, dependendo da saúde dos dentes e das gengivas.

Exames
O dentista vai examinar a boca e os dentes procurando por gengivas moles, inchadas e roxo avermelhadas. Os depósitos de placa e tártaro podem ser vistos na base dos dentes. As gengivas geralmente são indolores ou levemente sensíveis.

Outros testes não são necessários, embora raios X dentários e medidas do osso dental possam ser realizadas para determinar se a inflamação atingiu as estruturas de suporte dos dentes.

Tratamento de Gengivite
O objetivo é reduzir a inflamação. Os dentes são completamente limpos por um profissional. Isso pode envolver o uso de vários instrumentos ou aparelhos para soltar e remover os acúmulos dos dentes.

Uma higiene oral cuidadosa é necessária após a limpeza dentária profissional. O profissional vai mostrar como escovar e como usar o fio dental. Além da escovação e do uso do fio dental, pode ser recomendada a realização de limpeza duas vezes por ano, ou com mais frequência em casos mais graves. Além de uma escovação e uma limpeza com fio dental cuidadosa e frequente, o uso de enxaguantes bucais antibacterianos ou outros produtos pode ser aconselhado.

Recomenda-se o reparo de dentes desalinhados ou a substituição de aparelhos ortodônticos e dentários. Quaisquer outras doenças subjascentes devem ser tratadas.

Nenhum Comentário

Leave a Reply